O preço Bitcoin (BTC) vai chegar a zero e a criptomoeda morrerá?

Preço do Bitcoin não vai chegar a zero

Muitos investidores se perguntam se o preço do Bitcoin (BTC) vai chegar a zero. Com isso, algumas notícias falavam sobre a criptomoeda morrer definitivamente, levando consigo o mercado com todos os ativos digitais. Afinal, será que o preço do Bitcoin (BTC) vai zerar completamente no mercado?

A recente crise no mercado fez muitos acreditarem que o preço do Bitcoin (BTC) poderia cair a zero. Porém, alguns especialistas refutam essa ideia, levando em conta diversas considerações. Por mais que o token tenha se desvalorizado profundamente no mercado nas últimas semanas, chegar a apenas US$ 1 seria algo completamente improvável.

Preço do Bitcoin (BTC) já foi cotado por US$ 1 em outras crises no mercado

O preço do Bitcoin (BTC) já valeu US$ 1 há alguns anos atrás. Mas isso não significa que a criptomoeda voltará a ser cotada por um valor tão baixo. Isso porque o mercado já viveu um amadurecimento suficiente onde bilhões em capitalização representam o total de volume das criptomoedas. Além disso, a desvalorização recente do Bitcoin (BTC) não significa algo tão surpreendente, tendo em vista que a criptomoeda já se desvalorizou muito mais em quedas anteriores.

Segundo o especialista Andreas Antonopoulos, o preço do Bitcoin (BTC) conta com uma “proteção”. Sendo assim, o empresário de tecnologia afirma que seria praticamente impossível o ativo digital voltar a ser cotado por apenas US$ 1. Em uma recente entrevista em um canal no Youtube, Antonopoulos falou sobre sua expectativa em relação ao token.

“O Bitcoin passou por essas grandes quedas e suportou os mercados anteriormente. É um ativo anti-frágil. O sistema é projetado de forma a permitir correções de curso, em ambas as direções, com base nas condições do mercado. Simplesmente, o bitcoin foi projetado para sobreviver ”.

Mineração não preocupa especialista

A mineração do Bitcoin (BTC) vive uma crise dentro da crise do mercado de ativos digitais. Dessa forma, a taxa de mineração do token caiu drasticamente nas últimas semanas. Alguns chegaram a dizer que não haveria mineradores o suficiente para operacionar o Bitcoin (BTC). Porém, segundo Andreas, a queda da taxa hash da criptomoeda poderá significar algo positivo para todos os mineradores.

Na China vários mineradores jogaram seus equipamentos fora, pois minerar o Bitcoin (BTC) ficou praticamente inviável com o ativo abaixo de US$ 4 mil. Por outro lado, essa queda impactou a taxa de mineração da criptomoeda que caiu de forma surpreendente. Para Andreas, a queda dessa taxa pode significar mais lucro para aqueles que continuam minerando o Bitcoin (BTC).

“Digamos que se o poder de mineração cair em 50%, os mineradores que ficam por perto e aguardam a dificuldade de redirecionar agora são duas vezes mais lucrativos depois do redirecionamento.”

Confira o preço do Bitcoin (BTC) nesta quinta-feira (6)

O preço do Bitcoin (BTC) encontra-se em queda no mercado, após viver alguns instantes de valorização durante a semana. Porém, segundo especialistas da Finder, a criptomoeda deverá se valorizar em mais de US$ 6.700 até o dia 1º de janeiro de 2019.

Nesta quinta-feira (6) o preço do Bitcoin (BTC) começou no mercado em desvalorização e sendo cotado em US$ 3.870,23. Segundo dados do CoinMarketCap, esse valor representa uma pequena correção para o token no mercado, de cerca de 0,33%. Para conferir o preço do Bitcoin (BTC) em tempo real basta conferir os dados do gráfico abaixo.