O comércio de criptomoedas cresceu no mercado em 2018?

Mercado cresce em 2018

O mercado de criptomoedas viu seu volume de capitalização encolher em 2018. Além disso, o preço despencou da maioria das criptomoedas presente no mercado, em uma onda de desvalorização que praticamente se estendeu durante todo o ano. Sendo assim, as ofertas iniciais de moedas (ICO em inglês), também diminuíram.

Seria impossível mensurar com exatidão quanto o mercado ganhou ou perdeu até agora em 2018. Dessa forma, um número exato não pode ser calculado nem mesmo por sites especializados em métricas relacionadas as criptomoedas. Por outro lado, alguns dados de blockchains revelam um valor aproximado do que foi arrecadado nos últimos meses.

Cerca de US$ 22 bilhões foram arrecadados em (ICOs)

De acordo com uma publicação da Bloomberg, cerca de US$ 22 bilhões foram arrecadados em (ICOs) em 2018. Porém, esse valor pode ser somente a metade, se for considerado alguns fatores que levam a desvalorização desse montante. Sendo assim, esse valor representa apenas cerca de 10% do volume total de capitalização de criptomoedas atualmente.

A reportagem levou em consideração novos projetos que foram lançados no mercado até agora em 2018. Além de criptomoedas, exchanges e fintechs voltadas à tecnologia blockchain passaram por rodadas de financiamentos que injetaram US$ 22 bilhões no mercado de criptomoedas.

Mercado de criptomoedas perdeu cerca de 80% de seu volume em 2018

A capitalização do mercado de criptomoedas perdeu cerca de 80% de seu volume em 2018. Isso significa centenas de bilhões de dólares que deixaram de circular no mercado, após ele atingir o seu pico no final de 2017 e início de 2018. E essa volatilidade também impede que um número exato seja mensurado em relação ao crescimento do mercado de criptomoedas.

Nem todos os dados apresentam informações seguras, que podem ser levadas em conta. Um desses casos é o Petro da Venezuela. Nicolás Maduro declarou que US$ 5 bilhões foram negociados na pré-venda da criptomoeda em 2018. Porém, de acordo com o CoinSchedule, apenas US$ 735 milhões foram investidos no Petro, um valor bem menor daquele declarado pelo presidente da Venezuela.