Monero (XMR): uma criptomoeda com muito potencial?

Monero (XMR)

O Monero (XMR) é um altcoin que existe desde abril de 2014 e pode ser comprado e negociado em diversas bolsas de valores. A criptomoeda é baseada no Whitepaper do CryptoNote, e não tem semelhança ou relação com o Bitcoin (BTC). Desde 2016 o valor do Monero (XMR) avançou de 50 dólares para mais de US $ 250. Sendo assim, o preço do Monero (XMR) quintuplicou e a capitalização do mercado da criptomoeda é superior a quatro bilhões de dólares. Desse modo, isso colocou o altcoin no top 10 das maiores criptomoedas. O Monero (XMR) tem, ainda, uma vantagem definitiva sobre o Bitcoin (BTC).

O que é o Monero (XMR) e que tecnologia usa?

O Monero (XMR) usa um código completamente novo e não tem nada em comum com o blockchain usado pelo Bitcoin (BTC), por exemplo. Por outro lado, o Litecoin (LTC) contém muitos trechos de código do Bitcoin (BTC), já que foi separado da criptomoeda principal, o que não é o caso do Monero (XMR). O Monero (XMR) é divisível em até doze casas decimais. Sendo assim, isso significa que a menor unidade monetária disponível do altcoin é igual a 0,00000000001 (XMR). Ale´m disso, as tarefas e conceitos concluídas e planejados podem ser consultados na página oficial do Monero.

Blockchain, nível de dificuldade e anonimato

Atualmente o tempo necessário para gerar um bloco dentro da rede Monero é de dois minutos, já que existem cada vez mais Moneros (XMR) em circulação. Por outro lado, o Bitcoin (BTC) leva cerca de dez minutos entre cada geração de bloco. Sendo assim, o blockchain do Monero (XMR) é cinco vezes mais rápido que a rede Bitcoin. A dificuldade de mineração de (XMR) aumenta ou diminui sem demora. Não há intervalos de tempo fixos, como é o caso no Bitcoin (BTC). Além disso, o protocolo Crypto-Night incorpora uma criptografia que disponibiliza uma gama de recursos relacionados a privacidade e ao anonimato dos usuários do Monero (XMR). São aplicadas assinaturas Ring e assinaturas Stealth são usadas na plataforma. Assinatura Stealth vem do inglês e significa oculto. Nesse contexto, a transação é rastreada até um endereço conhecido no blockchain, que, no entanto, não está disponível publicamente. Apenas o proprietário pode acessar a conta com a chamada chave privada (senha de segurança da carteira) e visualizá-la. A assinatura de segurança Ring faz com que a transação fique dividida em vários blocos, tornando muito difícil rastrear qualquer movimento. Desse modo, um rastreamento sobre a transação é quase impossível. Um congelamento de contas pelas mineradoras é excluído, uma vez que os detalhes da transação não são públicos. Esse processo também é conhecido como lista negra.

Comprar Monero (XMR)

Por esta razão, pode ser interessante comprar o Monero (XMR). Mas antes lembre-se dos riscos de investir em ativos digitais. Após conhecer mecanismos de segurança e se certificar de encontrar uma corretora confiável, a compra de Monero (XMR) poderá ser realizada.

Conclusão e perspectivas para o futuro do Monero (XMR)

A privacidade e o anonimato garantido para todos os usuários fazem desta criptomoeda um investimento interessante. Atualmente há um forte incremento de uma valorização contínua, que se deve a não rastreabilidade das transações dentre outras coisas. Muitos potenciais compradores encontraram no Monero (XMR) um altcoin que não só traz uma enorme quantidade de unidades, mas que também pode ser considerado muito seguro.