Maker (MKR) explode no mercado de criptomoedas e atinge US$ 750

Preço do Maker explode e atinge US$ 750

O  Maker (MKR) viu seu preço explodir no mercado ao atingir US$ 750 nas últimas horas. Desse modo, a criptomoeda registra um brilhante desempenho no dia com uma valorização que elevou, ainda mais, o preço do Maker (MKR). Isso fez com que o ativo digital ultrapassasse a marca dos US$ 750 e continua a subir.

Anunciar parcerias estratégicas faz parte da rotina da maioria das criptomoedas. É através de novos investimentos e tecnologias  que o preço de uma criptomoeda poderá aumentar no mercado, como aconteceu com o Maker (MKR), por exemplo. Porém, nem sempre essas parcerias podem resultar numa valorização da criptomoeda, e em alguns casos, lançamentos e novas notícias podem significar uma desvalorização para a criptomoeda.

Maker (MKR) cresce no mercado após viver uma onda de valorização

No caso do Maker (MKR) a valorização vem acompanhando a criptomoeda há vários dias. Somente nesta segunda-feira (8), por exemplo, o Maker (MKR) se valorizou em cerca de 25%. Sendo assim, a criptomoeda teve um dos melhores desempenhos do dia. Isso fez com que o preço do Maker (MKR) saltasse acima dos US$ 750.

Além disso, o Maker (MKR) também subiu no ranking de criptomoedas em relação ao seu volume de capitalização total no mercado. Sendo assim, atualmente o v está ocupando a 22ª posição entre as maiores criptomoedas, segundo dados do CoinMarketCap.

Criptomoeda recebeu US$ 15 milhões de investimento de grupo de capital

Para entender como o Maker (MKR) cresceu nos últimos 30 dias, basta apenas ver o valor que a criptomoeda estava sendo cotada em setembro de 2018. Há pouco mais de um mês, o Maker (MKR) estava por volta de US$ 300 e viu seu preço mais que duplicar nas últimas quatro semanas. Dessa forma, o Maker (MKR) registrou um dos melhores desempenho no mercado no último mês.

Essa onda de valorização pode estar ligada ao sistema Dai stablecoin. Essa tecnologia, utilizada pelo Maker, promete conquistar o mercado. Além disso, um aporte financeiro recebido por um grupo de risco fez com que o preço do Maker (MKR) disparasse. Sendo assim, a criptomoeda recebeu US$ 15 milhões do A16z.