ICON: hiperconectada ao mundo

Comprar ICON (ICX)

A ICON foi inspirada nos fundamentos de Gilles Deleuze e Felix Guattari – “O mundo sem centro é o mundo em que cada ponto é apenas uma conexão com outros pontos.” A ICON é um link para diferentes criptomoedas com modelos de governança de blockchain, e conecta o mundo cripto com o mundo real.

ICON é um projeto da Fundação ICON Suíça e tem interesse na interoperabilidade entre diferentes sistemas blockchains. Isso funciona como um requisito essencial para o fluxo sem atritos entre bancos de dados de informação e de valor de fácil utilização. A visão da ICON é redefinir a importância das comunidades locais, abrindo caminho para um período de descentralização.

O que é a ICON?

O whitepaper da ICON possui 43 páginas e está disponível em inglês e em coreano, o que nos dá uma ideia da visão, arquitetura, componentes e recursos da ICON.

Recentemente, a ICON disponibilizou seis repositórios prontos no Github, incluindo a “edição de código aberto do mecanismo central do loopchain“, como um fork do loopchain, um projeto de forjamento de blockchain com sede em Seul denominado “the loop”.

A ICON é formada por uma rede de diferentes comunidades baseadas em blockchain e independentes conectadas através de um portal “C-Rep”, formando assim, uma comunidade maior, a ICON Republic. A ICON Nexus é a blockchain da ICON Republic e permite transações entre comunidades afiliadas à Nexus. Um nexo pode ser conectado as outras redes blockchain equivalentes à Nexus, fornecendo uma variedade de opções para estender e escalar sistemas blockchains.

A blockchain Nexus

A blockchain Nexus se baseia na tecnologia loopchain, um blockchain corporativo de alto desempenho com recursos de contrato inteligente. Esse blockchain pode ser configurado para atender as necessidades operacionais e se conectar à outras redes de contabilidade distribuídas.

A Nexus permite a governança descentralizada, permitindo transações entre portais independentes e blockchains baseadas em Nexus com base no Blockchain Transmission Protocol (BTP). A Nexus usa o algoritmo de consenso LFT de loopchains. Os Canais de Representação podem ser usados ​​para propor e coordenar propostas de diretrizes operacionais na plataforma. Na Nexus, cada portal participa no Canal de Representação através do C-Rep, o representante do endereço.

Rede controla emissão de novos tokens dentro da plataforma

Embutidos na Nexus estão os tokens (ICX) que podem ser usados ​​pelas blockchains interconectadas na rede para transferência de valores. Novos tokens serão emitidos dentro de um ciclo de cerca de 15 milhões de blocos, ou dentro de um ano. A produção anual de novos tokens é determinada pela ICON com base em vários fatores, com um máximo de 20%  de produção permitida. Através dos C-Reps e do Canal de Representação, a plataforma cria ajustes para a saída do novo (ICX) e a taxa de transação é atualmente de 0,01 (ICX).

Outro componente arquitetônico da ICON é o DEX (Decentralized Exchange) para a realização de transações em diferentes moedas criptografadas dentro da rede ICON. A ICON inspirou-se no Bancor para determinar as taxas de câmbio.

A ICON DEX

A ICON DEX vem com um recurso interessante, um modelo de análise que pode ajudar a tornar as criptomoedas mais estáveis ​​usando dados como preço, taxa de câmbio, volume de transações e inteligência artificial. A ICON baseia-se na sua experiência com o DAVinCI LABS para prever taxas de perda em seguros, risco de crédito ou taxas de câmbio.

Com a ajuda do ION (ICON Incentives Scoring System), um sistema de classificação baseado em IA, a ICON pode otimizar a estrutura de bônus para vitalizar a ICON Republic.

Canal Público Nexus é um recurso baseado em multicanais de loopchain em que cada usuário pode realizar transações (ICX). Além disso, é permitido construir e usar vários aplicativos descentralizadas (DAPPs). Diferentemente do Ethereum, onde o código está incluído nos dados da transação e executado em uma máquina virtual, os DAPPs ICON podem ser fornecidos em uma loja e precisam ser instalados antes do uso.

SCORE (Contrato inteligente em ambiente confiável) é um recurso avançado de contrato inteligente de loopchain. Com o SCORE, o código de contrato inteligente de alto desempenho pode ser executado diretamente no ambiente operacional dos nós, sem uma máquina virtual separada.

A ICON fornece sua própria carteira ICONex para (ICX) e várias outras criptomoedas. Atualmente está disponível em diversos aplicativos, como o Chrome Extention, e entre outros aplicativos anunciados para os sistemas Android e iOS.

(ICX) – A criptomoeda do ICON

A ICON tem seu próprio token digital que é negociado sob o símbolo (ICX). A criptomoeda já pode ser utilizada em trocas entre diferentes ativos. Exchanges como o Binance, por exemplo, permitem a troca de (ICX) por criptomoedas como o BTC, ETH, Tether (USDT), Binance Coin (BNB), LATOKEN (LA), Rs Indian (INR) e coreano Won (KRW). O preço do (ICX) é atualmente cerca de EUR 3,50, com uma capitalização de mercado atualmente em torno de EUR 1,4 bilhão, o que o coloca no 21º lugar entre as criptomoedas.

A ICON token (ICX) entrou no mercado depois de uma ICO bem-sucedida em setembro de 2017. No total existem cerca de 400 milhões de fichas (ICX) emitidas, sendo que 387 milhões delas estão em circulação.

Investir em (ICX) pode valer a pena, mas uma análise abrangente de suas concorrentes, como Cosmos, Polkadot, HCash, por exemplo, não deve ser abandonada.

Equipe ICON e parceiros

A equipe da ICON é formada por oito consultores, incluindo Don Tapscott, além de seis membros no Conselho da Fundação, 30 profissionais responsáveis pela blockchain e oito especialistas em IA, incluindo ainda oito especialistas em segurança e comunicação.

A lista de parceiros da empresa conta os capitalistas de risco ícones do mercado, como a Global Accelorators. Além disso, a ICON possui parceria com especialistas legais com foco em criptomoedas como Pantera Capital, Capital Kenetic ou Crypto Bazar. A presença da empresa também pode ser conferida na mídia atribuída ao universo criptográfico, como nas plataformas Forbes, Bloomberg e CoinDesk.

A ICON co-fundou a Blockchain Interoperability Alliance com Aion e Wanchain em dezembro de 2017. A Wanchain está trabalhando em uma nova infraestrutura financeira distribuída. Para isso a empresa se concentra em escalabilidade e interoperabilidade em redes blockchains. A Alliance trabalha e pesquisa em conjunto com a ICON para um objetivo comum: o desenvolvimento de padrões interoperacionais para redes internas e arquiteturas de protocolo.

Perspectiva sobre a rede ICON

A ICON apresenta vários projetos interessantes de loopchain em seu site, tais como títulos, bancos, seguradoras, universidades e tecnologias desenvolvidas para o setor de saúde.

Vinte e seis empresas coreanas de valores mobiliários formaram conjuntamente o Consórcio Korea Chain Investment Blockchain em 2016, a maior organização blockchain para uma única indústria presente no mercado. O lançamento do primeiro serviço blockchain do mundo, ‘CHAIN ​​ID’, ocorreu no final de 2017 e as solicitações de compensação e liquidação estão planejadas para 2018.

O futuro da rede ICON

O Bank Kommune da ICON Network está desenvolvendo um sistema de pagamento digital pré-pago com recursos como Gerenciamento de Contas Digitais, Recarga, Transferências, Retiradas e Gerenciamento de Moeda Digital.

Um consórcio de seguradoras de primeira linha lançou um serviço de recebimento automático baseado em loopchain. Isso permite que os clientes reivindiquem suas solicitações sem complicações.

Tudo somado, a ICON parece estar muito bem posicionado no mercado. Será empolgante ver como a ICON terá sucesso em implementar consistentemente suas ideias e visões. Parceiros fortes e a Blockchain Interoperability Alliance poderiam estabelecer novos padrões para um “mundo hiperconectado”.