GaloCoin: Atlético Mineiro lança sua própria criptomoeda no mercado

GaloCoin é a nova criptomoeda do Atlético

Torcedores poderão comprar o token em marketplace do time

Foi lançada nesta quinta-feira (13) a criptomoeda GaloCoin. O ativo segue os padrões de outros clubes, buscando maior integração entre a torcida e o Atlético Mineiro. O time é o primeiro de Minas Gerais – MG a lançar sua própria criptomoeda no mercado. Por outro lado, esta não é a primeira iniciativa do tipo no Brasil.

O Avaí, por exemplo, já lançou sua criptomoeda, assim como outros clubes em todo o mundo. Com o token, os torcedores do Atlético Mineiro deverão ter diversos benefícios.

Times de futebol apostam em criptomoedas como uma forma de inovar a forma de financiamento coletivo de suas atividades. Com um token, clubes tentam buscar formas de receber incentivos dos torcedores. Além disso, vantagens são oferecidas para aqueles que utilizam a criptomoeda do time, como descontos e até vantagens exclusivas.

Vantagens exclusivas serão oferecidas pelo Atlético Mineiro

Vantagens relacionadas a produtos e serviços deverão ser disponibilizadas para aqueles que investirem no GaloCoin. A proposta deverá integrar um loja que foi desenvolvida pelo time mineiro. Em uma entrevista ao LiveGalo, o diretor de administração do clube falou sobre a criptomoeda. Plínio Signorini. O lançamento do ativo foi realizado juntamente com a live realizada pelo Atlético Mineiro nesta quinta-feira (13).

“GaloCoin é a moeda virtual do Galo. É a nossa criptomoeda. Pensamos em lançar alguma coisa que pudesse trazer, ao torcedor e ao clube, uma aproximação maior. E essa aproximação dentro de uma linha de raciocínio de, integração entre fornecedores do Atlético, que queriam participar da comunidade do Atlético e nosso torcedor.”

Atlético Mineiro quer integrar seu sistema financeiro no GaloCoin

A criptomoeda do time mineiro foi lançada recentemente no mercado. Segundo entrevista com Plínio, o ativo deverá trazer diversos benefícios para o torcedor. E esta criptomoeda deverá ter uma funcionalidade voltada ao marketplace, que foi criado pelo Atlético Mineiro.

“O objetivo é, dentro desta plataforma trazer benefícios para o torcedor. Mas também, dentro de um pilar importante, trazer resultados para o clube. É um projeto que está se iniciando, ele tem muito a crescer”.

Vários lançamentos deverão ser feitos para os torcedores do time

Após o lançamento do GaloCoin, a torcida do time poderá esperar por vários lançamentos na nova plataforma do clube. Produtos e serviços deverão ser ofertados neste marketplace com preços e condições exclusivas para os torcedores que comprarem o GaloCoin.

“A ideia é a gente fazer lançamentos contínuos nesta plataforma. Então vamos ter muitas novidades pela frente. Para que a gente possa gerar resultado para o clube, para fortalecer cada vez mais o Atlético”.

A GaloCoin funcionará assim como algumas criptomoedas no mercado. Também conhecidas como stablecoins, esses tokens possuem seu preço atrelado a algum outro ativo, como o dólar norte-americano, por exemplo.

No caso do GaloCoin, cada unidade da criptomoeda equivalerá a R$ 1. Sendo assim, os torcedores deverão adquirir as criptomoedas primeiro para depois fazer compras no marketplace do Atlético Mineiro.

“É uma loja de transações, onde você faz a aquisições de serviços e produtos. A gente tem uma infinidade de alternativas, de criar alternativas dentro desta plataforma. É uma plataforma que detém uma tecnologia de ponta e gera muito flexibilidade”.