De US$ 20 mil a US$ 3 mil, o que aconteceu com o Bitcoin em 2018?

Bitcoin (BTC) variou entre US$ 3 mil a US$ 20 mil

Token caiu cerca de 80% ao longo dos últimos 12 meses

O ano de 2018 destruiu todas as expectativas do mercado em relação a valorização das criptomoedas. Grande parte dos investidores e a maioria dos especialista apontavam para uma subida para o Bitcoin (BTC). Mas, o que realmente aconteceu foi uma queda de US$ 20 mil para cerca de US$ 3 mil nos últimos meses.

Uma crise no mercado terminou de nocautear o preço do Bitcoin (BTC) em novembro. Já há poucos dias, por pouco a criptomoeda não ultrapassa a marca dos US$ 3 mil, sendo cotada bem próximo a este valor. Com um ano em profunda desvalorização, a criptomoeda chegou a perder 80% de seu valor nos últimos doze meses. E alguns especialistas acreditam que isso poderia ser bem pior.

Bolha no mercado fez preço da criptomoeda cair em 2018

A primeira causa para a queda do Bitcoin (BTC) está na bolha que se formou diante do mercado da criptomoeda. Com preços especulativos e baleias dominando o mercado, ficou praticamente impossível o ativo não despencar. Nem mesmo sua comercialização conseguiu ser fluida o bastante, e somente cerca de 10% das unidades de (BTC) circulam livremente no mercado.

Foi no final de 2017 que o preço do Bitcoin (BTC) atingiu US$ 20 mil. Essa marca fez com que milhares de investidores conhecessem a criptomoeda pela primeira vez. E quem investiu no ativo neste valor perdeu e muito com a queda do token. Essa desvalorização sem medidas fez até com que vários desacreditassem no ativo digital.

Mas, logo após uma subida vertiginosa, uma correção seria completamente inevitável. Na última segunda-feira (17) o preço do Bitcoin (BTC) completou um ano em que atingiu os US$ 20 mil. Uma enorme correção aconteceu logo após essa subida inesperada. Contudo, nem mesmo os especialistas esperavam que o token cairia tanto.

Bitcoin variou muito em 2018


Até mesmo os especialistas erraram em relação ao Bitcoin (BTC)

A maioria das previsões apontavam que o Bitcoin (BTC) valeria até US$ 50 mil no mercado. Essas previsões alegavam que isso aconteceria até o final de 2018. Porém, a realidade parece ser algo muito distante dessa marca. Dessa forma, especialistas como Tom Lee, por exemplo, erraram ao apontar um preço que nunca foi atingido, até então, pelo (BTC).

Embora o Bitcoin (BTC) tenha caído profundamente em 2018, alguns dados reforçam que esse não é o pior momento para o ativo. Em outras ocasiões, o (BTC) chegou a cair mais de 90%, em um de seus piores desempenho no mercado. O que conforta muitos investidores é pensar que logo após esse período de desvalorização, um aumento repentino aconteceu para a criptomoeda.

E alguns especialistas já apontam para esse momento, tão aguardado por todos. Sendo assim, os “fantasmas” de 2018 seriam considerados somente passado, após o Bitcoin (BTC) voltar a ter dias de glória no mercado.

Confira o preço do Bitcoin (BTC) nesta quarta-feira (19)

O preço do Bitcoin (BTC) chegou a subir mais de 10% nesta quarta-feira (19) no mercado. A criptomoeda vem acumulando alguns dias de valorização, que poderá elevar o ativo a valores superiores a US$ 4 mil em breve. Com o aumento nos últimos dias, falta pouco para o (BTC) atingir isso.

Após cair um pouco, o preço do Bitcoin (BTC) continua em valorização nesta quarta-feira (19). Porém, a criptomoeda continua com uma expressiva valorização, em mais de 8% neste dia. Isso significa que o token está sendo cotado em US$ 3.863,37, segundo informações do CoinMarketCap. Se quiser conferir o preço do Bitcoin (BTC), basta acompanhar o gráfico abaixo, com informações que mudam em tempo real.