Crise no mercado faz empresa demitir brasileiros e abandonar país

ConsenSys demite brasileiros e fecha escritório no país

13 funcionários foram demitidos no Brasil

A crise no mercado de criptomoedas também fez várias empresas tomarem medidas drásticas internas. Como resultado disso, muitos profissionais ficaram sem emprego, inclusive no Brasil. No país, uma grande empresa demitiu toda a sua equipe, encerrando suas atividades na América Latina.

O mercado de criptomoedas vive uma crise sem medidas há cerca de um mês. Desde então, praticamente todos os tokens perderam um valor significativo que parece que não será recuperado tão cedo. E essa crise refletiu também nas empresas do setor. Com as criptomoedas em queda, serviços e produtos relacionados aos ativos digitais também apresentaram uma grande variação no mercado recentemente.

Escritório da empresa será fechado após a demissão de todos os funcionários

No caso da ConsenSys, toda a sua equipe no Brasil foi demitida na última quinta-feira (6). Isso significa que a gigante deixará de operar na América Latina, já que no Brasil estava concentrado os profissionais da empresa que atuavam no continente. Com a baixa do escritório brasileiro, a ConsenSys deixa de operar em vários países.

E não foi somente no Brasil que a empresa decidiu demitir funcionários. Parece que a ConsenSys realizou uma operação de demissão em massa. Segundo estatísticas da própria empresa, cerca de 13% de todo o seu pessoal ficou sem emprego na última semana. Sendo assim, esse número poderá chegar a cerca de 300 profissionais demitidos.

Empresa chama nova fase de reestruturação de ConsenSys 2.0

A decisão sobre a demissão coletiva foi anunciada pela empresa recentemente. A ConsenSys aproveitou o momento delicado no mercado para realizar uma operação de reestruturação da empresa. Com essa mudança várias pessoas deixaram de colaborar com a organização, que é especialista em desenvolvimento de projetos via tecnologia blockchain.

A fase de demissão da ConsenSys foi chamada de ConsenSys 2.0. Isso seria uma nova fase para a empresa, que contará com menos trabalhadores a partir de então. Em relação ao Brasil e demais países da América Latina, a empresa não informou quando pretende, e se é que acontecerá, uma retomada de negócios nesse continente. No caso brasileiro, foram cerca de 13 funcionários demitidos e que ficaram sem emprego na empresa de tecnologia.

Com vários profissionais demitidos, a ConsenSys prepara para viver uma nova fase no mercado. A empresa possui negócios voltados ao desenvolvimento de aplicativos descentralizados a partir da tecnologia blockchain. Porém, a ConsenSys utiliza somente a rede Ethereum (ETH) para criar seus aplicativos.