Corretora gigante negociará Ripple (XRP) e mais 30 criptomoedas

Coinbase lista 31 novas criptomoedas (Reprodução/Medium)

Preço do Ripple (XRP) poderá subir após o anúncio da exchange

A Coinbase é uma das maiores exchanges do mundo e prepara-se para listar o Ripple (XRP). Além do (XRP), outros 30 tokens vão chegar até a plataforma de negociação da corretora de criptomoedas. Isso poderá significar para esses ativos digitais um novo mercado para ser explorado, já que a Coinbase possui milhares de clientes.

Muitos se perguntavam quando a Coinbase iria listar o Ripple (XRP), ainda mais depois que o ativo se tornou segunda maior criptomoeda do mercado. Em um recente comunicado da exchange norte-americana, finalmente o Ripple (XRP) foi incluído em uma lista de novas criptomoedas que serão incorporadas a corretora.

Coinbase terá Ripple (XRP), Stellar Lumens (XLM) e Cardano (ADA)

A Coinbase busca expandir sua plataforma de negociação incluindo diversos tokens. Quanto mais criptomoedas disponíveis para seus clientes maior poderá ser a diversidade de negociações realizadas na exchange. Para o Ripple (XRP), isso poderá significar maiores negociações e até mesmo uma valorização pode acontecer para a criptomoeda.

“O objetivo da Coinbase é oferecer suporte a todos os ativos que atendam aos nossos padrões e que estão em conformidade com a legislação local. Com o tempo, pretendemos oferecer aos nossos clientes o acesso a mais de 90% de todos os ativos digitais, por capitalização de mercado”.

Além do Ripple (XRP), o Stellar Lumens (XLM) é outra criptomoeda que chegará até a Coinbase. Ambas fazem parte dos maiores tokens em volume de mercado e ainda estavam fora da plataforma da corretora norte-americana. Mas, segundo os planos da empresa, 90% de todas as criptomoedas deverão ser listadas na Coinbase em breve. Isso garantirá a exchange milhares de novos ativos em sua plataforma de negociação.

Confira os 31 tokens que serão listados pela corretora de criptomoedas

  1. Ripple (XRP)
  2. Stellar Lumens (XLM)
  3. EOS (EOS)
  4. Cardano (ADA)
  5. Aeternity (AE)
  6. Aragon (ANT)
  7. Bread Wallet (BRD)
  8. Civic (CVC)
  9. Dai (DAI)
  10. District0x (DNT)
  11. EnjinCoin (ENJ)
  12. Golem Network (GNT)
  13. IOST (IOST)
  14. Kin (KIN)
  15. Kyber Network (KNC)
  16. ChainLink (LINK)
  17. Loom Network (LOOM)
  18. Loopring (LRC)
  19. Decentraland (MANA)
  20. Mainframe (MFT)
  21. Maker (MKR)
  22. NEO (NEO)
  23. OmiseGo (OMG)
  24. Po.et (POE)
  25. QuarkChain (QKC)
  26. Augur (REP)
  27. Request Network (REQ)
  28. Status (SNT)
  29. Storj (STORJ)
  30. Tezos (XTZ)
  31. Zilliqa (ZIL)

Token anunciado pela Coinbase viu seu preço disparar

Essa não é a primeira vez que a exchange acrescenta novas criptomoedas. A Coinbase busca ter a maior parte dos ativos ofertados no mercado sendo negociados em sua plataforma. Sendo assim, a corretora lançou diversas incursões de criptomoedas recentemente em sua plataforma.

Em alguns casos, apenas o anúncio da exchange já foi o suficiente para garantir um aumento de preço para as criptomoedas anunciadas pela Coinbase. Dessa forma, pode ser que o Ripple (XRP) e outras criptomoedas se valorizem após o anúncio da corretora.

Desde setembro a Coinbase já listou vários tokens, e alguns deles viram o seu preço disparar depois que a exchange anunciou a integração. Em setembro, por exemplo, o Base Attention Token (BAT) viu seu preço explodir após o anúncio da integração a plataforma da Coinbase.

Isso fez com que o token se valorizasse em mais de 20% em poucas horas. Contudo, quando a negociação finalmente foi iniciada na Coinbase, o (BAT) acabou caindo, em um movimento contrário ao que todos esperavam.