China prende minerador de criptomoedas que roubou energia elétrica

China prende minerador de criptomoedas que roubou energia elétrica

Um minerador de criptomoedas foi condenado pela China recentemente. Xu Xinghu foi acusado de ter roubado energia elétrica para alimentar sua operação envolvendo a mineração de ativos digitais. Sendo assim, o homem poderá ficar preso por três anos e meio.

A China é um dos países mais proibicionistas em relação as criptomoedas. Essa visão era diferente há alguns meses atrás, antes de o país procurar proibir qualquer negócio envolvendo criptomoedas. Sendo assim, qualquer tipo de atividade ligada a ativos digitais está terminantemente proibido no país. Isso acabou afetando diversos negócios que ainda tinha operações no país a pouco tempo. Porém, desde que a China decretou proibição as criptomoedas, a atividade envolvendo ativos digitais diminuiu drasticamente no país.

Homem terá que pagar multa de US$ 14.500 além de ficar detido na China

Entre essas proibições se encontra a mineração de criptomoedas. A China decidiu mudar completamente seu posicionamento em relação as criptomoedas, após considerar que ativos digitais representam um risco para a soberania do país. Sendo assim, essa proibição pode ter pesado na condenação de Xu Xinghu. O homem tinha uma fazenda de mineração e roubava energia elétrica para manter seus equipamentos em pleno funcionamento.

Com a descoberta do roubo, o chinês foi acusado de roubo e ficará preso por mais de três anos. Além disso, uma multa foi especificada pela justiça chinesa para o minerador infrator. Segundo decisão judicial, o homem terá que pagar uma multa de US$ 14.500 além de ficar detido.

Criminoso tinha 50 equipamentos para mineração em fazenda

O homem detido minerava o Bitcoin (BTC) assim como a maioria das atividades de mineração espalhadas pelo mundo todo. O homem utilizou a energia elétrica de uma ferrovia para alimentar sua fazenda de mineração de Bitcoin (BTC). Sendo assim, o homem roubava energia do governo chinês para alimentar seus 50 equipamentos de mineração de criptomoedas. Além disso, na fazenda de Xinghu haviam três ventiladores utilizados para controlar a temperatura do local em que as máquinas operavam.

Com o roubo, estima-se que Xinghu tenha conseguido minerar 3,2 unidades de Bitcoin (BTC). Sendo assim, o valor da multa foi fixado em um valor próximo ao que o minerador havia conseguido com a criptomoeda.