BP e Shell misturam petróleo e blockchain em sua nova plataforma

Shell e BP lançam plataforma via blockchain

Uma plataforma construída com recursos da tecnologia blockchain acaba de ser inaugurada pela BP e Shell. As duas gigantes empresas petrolíferas apostaram na tecnologia como uma forma de criar uma redução de custos operacionais para a plataforma.

A tecnologia blockchain é a força motriz das criptomoedas. Porém, essa tecnologia pode ser utilizada em uma gama infinita de negócios. Desse modo, por apresentar um gerenciamento de dados diferente dos programas tradicionais, a tecnologia blockchain pode significar custos para várias empresas, inclusive para as gigantes BP e Shell.

Tecnologia blockchain está sendo utilizada em plataforma de petróleo

O mundo das criptomoedas trouxe consigo a consolidação de uma tecnologia praticamente nova em todo o mercado. Sendo assim, a tecnologia blockchain é promissora o suficiente para impactar os mais variados tipos de setores da indústria, comércio e serviço. Dessa forma, isso faz com que vários negócios sejam reformulados sob a égide dessa tecnologia que tem tudo para crescer nos próximos anos.

No caso da extração do petróleo, uma plataforma está sendo conduzida pela tecnologia blockchain. A BP e a Shell inaugurou a plataforma nesta quarta-feira (28) que já se encontra em plena operação. Sendo assim, plataforma foi lançada com o apoio da tecnologia blockchain visando menos custos com a extração de petróleo pelas empresas.

Além da BP e a Shell, fazem parte do consórcio outras empresas também. Desse modo, a Gunvor Group, a Koch Supply, a Trading Mercuria Energy Group, a Societe Generale, ING e a ABN Amro participam do projeto liderado pelas petrolíferas BP e Shell. E esse projeto poderá ser modelo para outras plataformas de extração de petróleo. Além disso, plataformas já instaladas poderão ter a tecnologia blockchain incorporada em seu sistema, caso o projeto resulte em redução de custos para as empresas pioneiras com a plataforma de petróleo blockchain.

Petróleo e blockchain possui outras ligações

Algumas empresas do setor financeiro participam do consórcio da nova plataforma de extração de petróleo da BP e Shell. Porém, foi na Venezuela que surgiu um projeto relacionado a uma criptomoeda direcionada a comercialização internacional de petróleo, o Petro.

A criptomoeda Petro foi criada por Nicolás Maduro na Venezuela recentemente. O Petro demonstrava ser promissor no mercado e deveria atender a demanda do mercado internacional de petróleo do país sul-americano. Porém, até então, o Petro não conseguiu alcançar um lugar de prestígio no mercado, e segue sem maiores movimentações que poderiam indicar a compra e venda de Petróleo na Venezuela utilizando a criptomoeda, por exemplo.