Bitcoin (BTC): Pagamentos pela Lightning Network, Tim Draper Otimista, Preço atual

bitcoin

Por norma, os pagamentos no Blockchain do Bitcoin (BTC) são concluidos rapidamente e a baixo custo. Mas quando muita gente usa a rede, as taxas crescem e as transações demoram muito tempo. A Lightning Network (LN) resolve exatamente esse problema. Entretanto, Tim Draper continua otimista ao futuro do Bitcoin.

A empresa Bitfury entrou em uma parceria com a Paytomat, um sistema de processamento de pagamentos baseado em blockchain. A Paytomat vai receber acesso a pagamentos na Lightning Network. Dessa forma, os usuários do Paytomat podem concluir transações de Bitcoin (quase) em tempo real, através da Lightning Network. Assim, todos os atores beneficiam não apenas da velocidade, mas também da segurança do Blockchain.

Lightning Network: A Solução para o Bitcoin (BTC)

A Lightning Network é uma solução de escalonamento off-chain para o Bitcoin (BTC). Ela permite um grande número de transações sem sobrecarregar a blockchain principal. Os pagamentos são gravados em um canal de pagamento aberto, que assim pode ser deixado aberto por um período de tempo específico. O valor total apenas vai ser registrado no blockchain quando ambas as partes sinalizam que a transação foi concluída. Depois, o canal vai ser fechado.

Paytomat: Pagamentos na Lightning Network

A Paytomat usa o sistema POS existente para realizar todos os pagamentos através da loja. De momento, centenas de varejistas com cafés, restaurantes ou clubes esportivos na Itália, na Ucrânia, na Espanha e na Holanda estão sendo equipadas. Os pagamentos podem ser processados ​​em tempo real assim que a integração estiver concluída.

A transição gradual será realizada pela equipe de desenvolvedores do Bitfury LN, a LightningPeach. Pavel Prikhodko, diretor técnico da equipe, disse que os benefícios do Lightning Network serão sentidos em breve por muitos usuários finais em todo o mundo:

“Com a introdução da Lightning network, os consumidores em todo o mundo podem usar criptomoedas para compras diárias. Com parcerias como a Paytomat, chegamos mais perto de fazer com que cada terminal de serviço seja compatível com criptomoedas e com a Lightning network.”

O CEO da Paytomat, Yurii Olentir, acrescenta que as empresas estão dispostas a introduzir Bitcoin como um meio legítimo de pagamento por um longo tempo. Ao mesmo tempo, a adaptação precisa progredir ainda mais antes de se tornar amplamente disponível:

“As empresas estão prontas para aceitar o Bitcoin como método de pagamento, e os entusiastas de criptomoedas estão dispostos a pagar por isso. Nós damos a oportunidade de fazer as duas coisas. No entanto, Com a parceria com a Bitfury e a implementação da Lightning network em nosso ecossistema, essa oportunidade será muito rápida e eficiente. Estamos ansiosos para desenvolver o futuro do mercado de criptomoedas e realizar pagamentos rápidos.”

Tim Draper: O eterno otimista do Bitcoin (BTC)

Tim Draper sempre foi otimista acerca do Bitcoin (BTC) e de outras criptomoedas. Sua previsão de US$ 250.000 para o Bitcoin (BTC) em 2022 continua em pé. Agora, Draper falou em entrevista sobre o atual ciclo de baixa do mercado, dando suas percepções e previsões.

Segundo Draper a flutuação era normal, apesar das pessoas tentarem manipular o mercado a seu favor. Assim, ele disse que olha para essa crise como uma oportunidade para comprar:

“Bitcoin (BTC) é uma moeda melhor. Por isso, é apenas uma questão de tempo até o mundo adotar essa moeda. E eu acho que isso vai acontecer assim que eu puder fazer tudo com Bitcoin que eu posso fazer com dólares. Todo mundo vai começar a olhar para ele e dizer: por que nós até negociamos em dólares quando temos o Bitcoin? É muito mais fácil.”

Segundo Draper, com o Bitcoin há menos centralização, não há inflação e também não há taxas extras e adicionadas que têm que ser pagas a uma autoridade central de controle. Ele prosseguiu com sua previsão para o futuro, dizendo:

“Eu tenho uma ideia de que o preço do Bitcoin em 2022 ou 2023 será de cerca de US$ 250.000, e vao acontecer duas coisas. Primeiro, o dólar irá diminuir em valor em relação a criptomoedas. E Segundo, o Bitcoin terá uma fatia de mercado cada vez maior de todas a moedas mundialmente”

Preço do Bitcoin (BTC) em US$ 4.000

Hoje, o Bitcoin (BTC) quebrou novamente a barreira dos US$ 4000, depois de ontem negociar em US$ 3.900. Sendo assim, a moeda subiu com um crescimento de 2,2% em poucas horas, completando assim o crescimento semanal de 5,5%. Dessa forma, a maior cripotomoeda controla agora 53,8% do mercado, com uma capitalização de mercado de US$ 69,1 bilhões. Atualmente, está sendo negociado a US$ 3.971, com um volume de US$ 5,1 milhões nas últimas 24 horas.

O Bitcoin (BTC) começou a última semana em US$ 3.820, com uma alta de US$ 4.353 no dia 29 de novembro. Mas no dia 1 de Dezembro já caiu novamente para $US 3.921.

O início do novo mês parecia ter mais espaço para o Bitcoin, afinal viu outro aumento para US$ 4270. Ele permaneceu em torno dessa marca antes de uma queda para o nível de US$ 4000 ontem, dia 3 de dezembro. Ele viu uma queda adicional no mesmo dia, para US$ 3.820, preparando o cenário para sua alta acentuada hoje, que moveu o preço de US$ 3840 para US$ 4.000.

Em conclusão, a moeda parece estar estabelecendo uma presença dominante no mercado, devido à maior confiança no Bitcoin. A Nasdaq confirmou que vai lançar um produto futuro no primeiro semestre de 2019. Ainda mais, a Fidelity anunciou que vai entrar no espaço de criptomoedas. Isso contribui para criar um momento de alta para a maior criptomoeda do mercado, ainda mais porque o Bitcoin sofreu de uma queda acentuada de US$ 6.500 para US$ 3.600.