Arábia Saudita reforça proibição sobre comércio de criptomoedas no país

Arábia Saudita proíbe comércio de criptomoedas

Cidadãos que vivem na Arábia Saudita não podem investir em negócios relacionados a criptomoeda. O país proibicionista relembrou essa restrição aos seus cidadãos, após uma propaganda de oferta inicial de moeda (ICO) circular na internet.

A Arábia Saudita possui leis restritivas em relação a comercialização de criptomoedas no país. Ao contrário de outros territórios, o país localizado no Oriente Médio não reconhecesse como legal os negócios criptográficos. Além disso, o país pode até punir cidadãos que por acaso invistam em ativos digitais.

País cria comitê responsável por analisar o envolvimento de cidadãos com criptomoedas

O país até criou um comitê responsável por analisar o envolvimento de cidadãos com criptomoedas. O comitê, considerado permanente, será chefiado pela Autoridade do Mercado de Capitais da Arábia Saudita. Além desse órgão, o comitê é formado por membros do Ministério da Informação, do Ministério do Interior, da Agência Monetária da Arábia Saudita e do Ministério do Comércio e Investimentos.

Em um esforço conjunto de diversos órgãos estatais, a aplicação da proibição deverá ser controlada de forma ampla em todo o território saudita. Dessa forma o país busca supervisionar a proibição de negócios envolvendo criptomoedas.

País investe em tecnologia blockchain mesmo proibindo comercialização de criptomoedas

O comitê declara que os investimentos em criptomoedas representam riscos como a volatilidade do mercado, por exemplo. Além disso, o comitê alega que possíveis fraudes podem acontecer envolvendo criptomoedas. Desse modo o país justifica sua proibição para a comercialização de ativos digitais.

Por outro lado, a Arábia Saudita demonstra interesse na tecnologia blockchain. A tecnologia do Ripple (XRP) já foi testada pelo banco Al Rajhi Bank no país. Na ocasião o banco utilizou a tecnologia blockchain para transferir dinheiro entre a Arábia Saudita e a Jordânia.

Além disso, o Banco Central da Arábia Saudita firmou uma parceria com a Ripple (XRP) também. Como promessa, a criptomoeda deverá ajudar no melhoramento dos serviços financeiros do país utilizando pagamentos via criptomoedas. Dessa forma, o país mostra grande interesse em criptomoedas, embora sua comercialização seja proibida na Arábia Saudita.