Conheça a Akoin: a criptomoeda criada pelo astro Akon

akoin senegal criptomoeda

O astro Akon anunciou que criará uma criptomoeda própria em breve. Com o nome de Akoin, a critpmoeda do músico será criada em Senegal, país em que Akon nasceu. O famoso espera ajudar o país que carece de desenvolvimento econômico, assim como grande parte da África devastada desde a época da colonização. A criptomoeda do cantor será a primeira criada por alguém famoso que visa combater a desigualdade social.

Akon trabalha atualmente em um projeto humanitário que leva energia solar para comunidades carentes no Senegal. A criptomoeda do músico já está prontinha e será disponibilizada para venda em até duas semanas. Para aqueles investidores que pensam em fazer uma boa ação, investir em Akoin pode ser algo considerável.

Cantor norte-americano está planejando desenvolver uma cidade criptografada

O famoso aposta na criptomoeda para levantar fundos para desenvolver projetos sociais em seu país. Akon disse ainda que a tecnologia “poderiam ser o salvador para a África”. O músico é conhecido por sua visão humanitária e sempre demonstrou-se disposto a ajudar pessoas mais necessitadas.

Mas o projeto de Akon não consiste em apenas criar uma criptomoeda com o seu nome. O astro ainda está trabalhando em uma cidade planejada que será construída no Senegal. Akon ganhou doi mil acres de terra do presidente do país, para criar a ‘Akon Crypto City’. A cidade promete ser a primeira no país a integrar a tecnologia das criptomoedas em todo a sociedade. O projeto promete ser visionário e poderá trazer investimentos para o país africano.

Criador do Akoin deve disputar eleições para presidente em 2020 nos EUA

O norte-americano também está de olho nas eleições de 2020 nos Estados Unidos. Parece que Akon disputará a presidência do país, e espera enfrentar Kanye West na disputa eleitoral que promete animar os ânimos dos norte-americanos, sempre polarizados entre democratas e republicanos.

O astro deverá enfrentar, além de West, o atual presidente dos EUA, Donald Trump. O cantor ainda afirmou que “não tem medo dele”, se referindo ao Trump, que vem exercendo uma política contra imigrantes que recebeu severas críticas internacionalmente nos últimos dias.